WhatsApp

34.98406.2031 | 34.99958.1434

Ney Franco comanda primeiro treino no Cruzeiro e mira estreia contra o Vitória - Guimaonline

Esportes

10/09/2020 às 10h19 - Atualizada em 10/09/2020 às 10h33

Ney Franco comanda primeiro treino no Cruzeiro e mira estreia contra o Vitória

LindomarJS
Patrocínio - MG
FONTE: mg.superesportes.com.br

Ney Franco terá a missão de recuperar a Raposa na Série B (Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Técnico citou a necessidade de vencer na sexta-feira para tirar time do Z4

Ney Franco comandou nesta quarta-feira o primeiro treino no Cruzeiro. Ele foi contratado para substituir Enderson Moreira, demitido nessa terça-feira após completar cinco partidas sem vencer na Série B (dois empates e três derrotas).

A atividade técnica e tática não contou com as presenças do lateral-esquerdo Matheus Pereira e do meia Maurício, que realizaram trabalho interno. Os dois foram titulares no empate por 1 a 1 com o CRB, segunda-feira, no Mineirão.

Em entrevista com perguntas da assessoria de comunicação do clube, Ney justificou a decisão de ficar à beira de campo já no confronto com o Vitória, às 21h30 desta sexta-feira, no Mineirão, pela nona rodada da segunda divisão.



“Um dos motivos do acerto rápido foi esse. Liderar a equipe no jogo de sexta-feira já adianta meu trabalho, já participo do jogo e vivencio o vestiário com os atletas, tanto na palestra pré-jogo quanto no vestiário, durante o intervalo”, disse.

“Depois, teremos uma semana para trabalhar diante do CSA. Queremos adiantar esse trabalho o mais rápido possível para começar uma carreira vitoriosa na equipe principal”, complementou o técnico, que assinou vínculo até o fim de 2021 e trouxe consigo os auxiliares Rodney Borges e Moacir Pereira e o preparador físico Alexandre Lopes.

A missão de Ney Franco no Cruzeiro é complicada. Por causa de uma punição na Fifa, a equipe iniciou a Série B com seis pontos a menos. Nos oito primeiros jogos, foram três vitórias, dois empates e três derrotas. O time é o 17º colocado, com cinco pontos.

Se depender do histórico do comandante na Série B, os torcedores cruzeirenses podem sim sonhar com a reação. Em 2010, ele se sagrou campeão pelo Coritiba, com 71 pontos. Em 2018, tirou o Goiás da zona de rebaixamento, na oitava rodada (cinco pontos), e garantiu o acesso em quarto lugar, com 60 pontos.

ESTA MATÉRIA FOI VISTA 273 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados

Dr Designs